terça-feira, julho 26, 2005

My spinning wheel just arrived!


Hoje tive uma grande alegria! O carteiro trouxe-me a tão desejada e esperada roda de fiar que tinha encomendado a um fabricante nos EUA.
Como não há bela sem senão, disse:-Sabe que a embalagem foi aberta na alfândega?Tem de pagar a taxa que lhe foi aplicada.
Pois é. Depois de procurar exaustivamente, pelo menos tanto quanto me foi possível, até chegar à conclusão de que para este tipo de artigos , seja qual for a marca, não há importadores credenciados, e também por a roda vir acompanhada de alguma fibra de oferta, simpatia do vendedor que me informou nunca ter vendido um artigo deste para tão longe,os serviços alfandegários resolveram "castigar-me" com 55.00€, pois nem sequer sabem ver a diferença entre fibra de lã e fio de lã, conforme indicavam na factura.
Sim, eu sei que é bom fazer-se a protecção dos nossos produtos mas que eu saiba fio já feito não é o mesmo que fibra para o fazer e que não existe à venda, a não ser em 2 ou 3 "carolas" ( uma conheço eu) que existem neste nosso país.Como protestar não servia de nada e o carteiro, excelente homem que conheço há já algum tempo,não me deixava a encomenda sem o pagamento da taxa aduaneira, lá foi um cheque que me custou muito a passar e encareceu o valor da minha compra que já não tinha sido nada barata.
Mas não posso deixar que este episódio ensombre a alegre disposição em que hoje estou.
Direita ao pacote, abrir, montar e começar a experimentar levou-me todo o resto da manhã.
Realmente não estava à espera de nenhum milagre e devo dizer que não é nada fácil, pelo menos para mim que nunca tinha experimentado,fiar na roda.Acho que ainda vou levar alguns dias até apanhar o jeito e começar a produzir fio com alguma qualidade mas, pelo menos, já apanhei os gestos básicos e o funcionamento dos diversos componentes.Agora é ter paciência e treinar muito, muito, muito.
Estou feliz!

1 comentário:

mokotinha disse...

iupi! :)

http://pauta.dgaiec.min-financas.pt

mail: pauta-online@dgaiec.min-financas.pt

beijinho